Translate

28 de abril de 2015

Alienação dos imóveis a cargo do Ministério da Defesa

A Escola Prática de Cavalaria em Santarém foi alienada para satisfazer interesses privados quando se perspectivava (especulava) a construção do novo aeroporto na Ota (ver vídeo em baixo). 
O MDN fez saber que a sua intenção é devolver o Mosteiro de S. Dinis à população de Odivelas, poderemos acreditar? ou o IO será mais um monumento abandonado?

http://tomarnarede.blogspot.pt/2015/04/santarem-antiga-escola-pratica-de.html


27 de abril de 2015

Apresentação do livro “Desafios para o Futuro: Colégio Militar, Instituto de Odivelas, Instituto dos Pupilos do Exército”


No dia 23 de Abril de 2015, pelas 17 horas realizou-se na Sociedade de Geografia a cerimónia da apresentação do livro “Desafios para o Futuro: Colégio Militar, Instituto de Odivelas, Instituto dos Pupilos do Exército”, que contém as actas da 3ª e 6ª Conferência da Cooperativa Militar. Estas conferências e seminários foram organizadas pelo Núcleo Impulsionador das Conferências da Cooperativa Militar (NICCM) e tiveram como objectivo informar a sociedade portuguesa sobre o papel notável daqueles três Estabelecimentos Militares de Ensino do Exército (EMEE).
Aberta a sessão, tomou a palavra o Presidente da Direção do NICCM, Coronel Engº Taborda e Silva que realçou os altos serviços prestados à sociedade pelos três EMEE, a necessidade de colaboração com as entidades governamentais no sentido de acautelar a existência das três instituições e a reflexão necessária para aproveitar totalmente os recursos dos três estabelecimentos de ensino, considerando o seu interesse nacional pelos relevantes serviços prestados à sociedade.
Seguidamente falou a Antiga Aluna do Instituto de Odivelas e Presidente da AAAIO Drª Joaquina Cadete que acentuou não existirem razões económicas e financeiras para encerrar o Instituto de Odivelas e que foram ignorados, pelo Ministério da Defesa, os programas que permitiriam maior independência económica como a criação do 1º ciclo e a reactivação do Lar Universitário.  É caso para perguntar que espécie de democracia é esta onde um qualquer ministro se lembra de encerrar um colégio e quer levar avante a sua vontade, sem qualquer razão plausível conhecida e sem aceitar propostas sensatas. Encerramento que, claramente, só vai ser possível com a cooperação de militares.
A sessão prosseguiu com a intervenção do General Rosas Leitão que fez uma resenha de todas as conferências e seminários desde Novembro de 2008 a Janeiro de 2011, realçando sempre o grande valor destes três estabelecimentos de ensino que fomentam os valores nacionais e da cidadania e a necessidade de preservar o seu carácter secular e da sua continuidade nos anos futuros. O General Rosas Leitão, que integrou a Comissão liderada pelo Professor Marçal Grilo e que foi responsável por cálculos financeiros que vieram a prejudicar o Instituto de Odivelas, fez uma proposta alternativa à da referida comissão e que preconizava a continuidade do Instituto de Odivelas, apresentada como a posição do Exército.
Nesta ocasião o General Rosas Leitão afirmou que essa proposta, dita do Exército, ficou muito fragilizada pelo documento de apoio à proposta de Marçal Grilo apresentado pela Associação dos Antigos Alunos do Colégio Militar i.e., o encerramento do Instituto de Odivelas, para alegadamente garantir a sustentabilidade do CM. Uma afirmação que vem confirmar o que já se conhecia sobre a conduta da AAACM e do CM. 
Encerrou a sessão o general Cóias Ferreira. O evento terminou com um Porto de Honra, que certamente ajudou a afastar eventuais remorsos pelas más decisões e a coragem (que é precisa) de quem não foi capaz de defender o Instituto de Odivelas mas que podia ter evitado a prometida e, agora acelerada, extinção.

18 de abril de 2015

Lançamento do livro sobre os EMEs

No dia 23 de Abril de 2015 será apresentado o livro "Desafios para o futuro Colégio Militar, Instituto de Odivelas e Instituto Pupilos do Exército. O evento terá lugar às 17 h na Sociedade de Geografia, em Lisboa.



16 de abril de 2015

Governo recua na saúde militar

O Governo pediu a devolução do diploma que altera as regras de acesso à Assistência na Doença dos Militares (ADM) à Presidência da República. Em causa está o pagamento dos cônjuges de militares na reserva e reforma ao sistema de saúde e que afecta milhares de utentes.

Para quando o recuo face ao encerramento do IO?
 
Ler mais aqui.

12 de abril de 2015

10 de abril de 2015

Passos agradece reforma da Defesa

No dia 6 de Abril de 2015, Passos Coelho agradeceu às chefias militares as reformas feitas no Ministério da Defesa, reformas que levaram à extinção do Instituto de Odivelas.

video